Coisas de Menininhas

Dicas de como escolher o cirurgião plástico

Posted on: 3 novembro 2008

cirurgia plástica de lipoaspiração no abdomen
cirurgia plástica de lipoaspiração no abdomen

Nesse post você vai encontrar:

- História da lipoaspiração: Evolução da cirurgia no Brasil e no mundo

- Cuidados com a cirurgia: Saiba se você se enquadra no perfil de quem pode fazer a cirurgia

- Como escolher seu cirurgião plástico: Informações que você deve saber antes de decidir qual cirurgião e em qual hospital será realizada a operação

- Lista passo-a-passo para escolher o seu médico: Check list com perguntas que você deve fazer e informações que deve obter antes de tomar sua decisão

História da Lipoaspiração

Em 2008 a primeira lipoaspiração realizada no mundo completa seu 30º aniversário. No Brasil o procedimento chegou dois anos depois, em 1980, por meio do médico francês Yves Gerard Illouz. Nessas três décadas surgiram novas técnicas, que fazem da lipoaspiração uma cirurgia menos agressiva. “Antes, a retirada de gordura localizada deixava no paciente uma extensa cicatriz. Agora as cânulas variam entre 2 e 5 milímetros, o que permite mais precisão em menos tempo de cirurgia”, afirma o cirurgião plástico Cláudio Bicudo.

No Brasil, que possui o maior índice de cirurgias plásticas realizadas por ano, a lipo continua sendo o procedimento mais procurado: segundo a SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), 40% dos pacientes que recorrem às plásticas procuram pela lipoaspiração.

Cuidados com a cirurgia

Apesar dessa popularidade toda, vale lembrar que o resultado só é satisfatório para pacientes com até 10% a mais que o peso ideal. “É importante entender que se trata de uma cirurgia de acerto de contornos e não deve ser encarada como um método para emagrecer. Há um limite de gordura que pode ser retirado. Exercício e dieta são os caminhos para quem precisa eliminar o excesso de peso”, explica o médico Ruben Penteado.

Outro fato que chama a atenção é o perfil do paciente brasileiro. Enquanto europeus e norte-americanos levam mais tempo para pesquisar e decidir, os brasileiros resolvem fazer a operação mais rápido e preocupam-se mais com o resultado, que pode não ficar tão bom quanto o esperado. A SBCP já manifestou preocupação com o que chama de banalização das lipos de pequeno porte.

Penteado alerta que a lipoaspiração “rata-se de um procedimento cirúrgico que deve ser realizado por um cirurgião plástico, em local adequado, com todo suporte hospitalar necessário para enfrentar eventuais complicações, que podem acontecer em qualquer tipo de operação. ‘Minilipo’, ‘Lipinho’ ou ‘Lipo Light’ são nomes que seduzem e podem até confundir quem quer melhorar o contorno corporal, mas tem medo de se submeter a uma cirurgia. Não considero apropriado ‘mascarar’ o procedimento, lipoaspiração é sempre lipoaspiração, com os seus riscos e benefícios”, afirma ele.

cirurgião plástico
cirurgião plástico

Como escolher o cirurgião plástico

A boa notícia para quem pretende submeter-se à lipoaspiração é que no Brasil encontram-se profissionais de ponta, buscados por pacientes do mundo todo.  O sucesso e reconhecimento alcançados pela cirurgia plástica fora do país nunca foram vistos em outras áreas da medicina. Pode-se dizer que o Brasil virou referência mundial por possuir uma enorme equipe com nomes sempre presentes em congressos internacionais.

Ok, então temos ótimos médicos por aqui. Mas como escolher um para sua cirurgia? O presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Sérgio Levy, dá dicas de como  escolher o cirurgião e a clínica para procedimentos cirúrgicos estéticos:

(entrevista do telejornal “RJTV”, da TV Globo, em 03/10/2008)

- Qual o primeiro cuidado antes de entrar em um centro cirúrgico?

Levy: Conhecer o médico, se ele é membro da sociedade, se tem título de especialista e o local em que ele vai operar. Se essa clínica ou casa de saúde tem as condições necessárias para esse tipo de cirurgia.

- O médico, para fazer uma lipoaspiração, por exemplo, tem que estar cadastrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica?

Levy: Em termos éticos e em termos de formação profissional ele tem que ser membro-especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

- E qual tipo de quipamento a clínica deve ter?

Levy: Tem que ter todo o equipamento de reversão cardíaca e de assistência respiratória, ou seja: monitores cardíacos, material de intubação, desfribiladores, todo esse aparato que há dentro de um CTI (Centro de Tratamento Intensivo). Não é necessário que ela tenha um CTI, mas tem que ter todo o material de recuperação de um paciente.

- É um direito do paciente, antes de se submeter à cirurgia, saber se há tudo isso na clínica ou não?

Levy: É um direito do paciente saber tudo sobre a cirurgia dele. Todos os exames complementares – de rotina cardiológica, rotina de exame de sangue – tudo isso tem que ser feito antes de o paciente ir para a sala de cirurgia.

Lista passo-a-passo para escolher o seu médico

1) Com todos esses cuidados em mente, comece a sua busca pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, por meio do site  ou pelo telefone (11) 3044-0000. Lá você encontra informações sobre os cirurgiões pertencentes à sociedade. Mas atenção: eles estão classificados em diferentes categorias – aspirantes, especialistas e titulares. Apenas os titulares passaram pelo teste de aprovação e só eles são especialistas e estão habilitados a realizar cirurgias plásticas.

2) O próximo passo é conversar com amigos ou familiares que já passaram por processo cirúrgico, médicos de sua confiança, outros pacientes dos cirurgiões indicados e marcar consultas (sim, no plural! Antes de decidir converse com pelo menos dois médicos).

3) Para te ajudar na procura, criei uma lista passo-a-passo para encontrar o “cirurgião plástico perfeito” para você imprimir e levar com você durante a pesquisa e consultas. Assim você não esquece nenhuma informação importante e pode comparar os resultados. Boa sorte!

Lista com dicas de perguntas para escolher seu cirurgião plástico
Lista com dicas de perguntas para escolher seu cirurgião plástico

Fontes:

blog.cbes.edu.br/2008/06/16/lipoaspiracao/

feminice.com.br/beleza/lipo-no-brasil/1415

About these ads

5 Respostas para "Dicas de como escolher o cirurgião plástico"

mamamia….que tabela legal!! so faltou a coluna preços ali!

Se eu tivesse coragem ($$) preferia colocar um silicone!

É verdade Catia, o preço pode influenciar na decisão, mas acho que não deve ser o fator mais importante. Já que a diferença de preços geralmente não é tão grande assim

Bom pra você, Madah! Pois a cirurgia para colocar silicone é bem mais simples e o pós-operatório também! Quando colocar vem aqui contar pra gente =)

adorei a lista pois vou fazer uma lipoaspiração e gostaria de sentir confiança pois minha irmã fez nas costas,barriga,glúteo,pernas,quadril e ficou muito bom espero ter o mesmo resultado,pois não vou operar tudo isso pois só tenho gordura localizada.Espero ter a mesma sorte.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: