Coisas de Menininhas

O inverno chegou e, nem por isso, as meninas devem deixar de descuidar o visual, isso inclui tudo. Pelo contrário, no inverno as mulheres ficam ainda mais glamurosas, e utilizando peças de roupas bem acertadas ficam ainda mais estilosas. A dica de hoje do nosso blog Coisa de Menininhas é personalizar roupas de cores básicas, assim você gasta menos utilizando o que já tem em seu guarda-roupa e aumenta muito mais o seu estilo e bem-estar.

1) A modelo Heidi Klum, por exemplo, fez uma junção de calça jeans e blusa básica, dando um toque com as botas e a jaqueta. Investir em acessórios, como o colar e os óculos de Heidi, mas também em pulseiras e anéis dão o charme final. Dando uma boa pesquisada na internet as menininhas podem conferir qual tipo de óculos combinam mais com o seu rosto, afinal cada detalhe interfere.

2) A moda da vez são as wet leggings, aquelas calças justas, brilhantes e cheias de glamour, que podem ser de couro, latex, vinil, lurex ou lame. Ela se encaixa melhor nas mulheres que possuem a silhueta bem definida, mas as demais também podem optar pela legging clássica. A wet legging requer uma peça básica e sem muito detalhe na parte de cima, combinadas com paletós, suéters, camisetas longas ou boleros. Essa combinação cai bem tanto com tênis, botas ou saltos. Com a blusa, se for sem estampas, também cai bem os famosos lenços palestinos. Ou a blusa pode ser substituida por um vestido. Essa são algumas das vantagens da sobreposição de vestimentas.

3) A terceira dica é desenterrar aquele peças de roupa que estão no fundo do seu guarda-roupa quase mofando e que você não imaginaria usá-las novamente. É o caso daqueles shorts velhos, sapatos super coloridos e afins. A imagem que é da cantora Lily Allen mostra algumas combinações que podem ser feitas de shorts e meia calça – ou também com legging. Combina com todos os tipos de sapatos, especialmente as sapatilhas, tênis, botas e saltos fechados. O visual pede uma blusa mais descolada, no caso a cantora optou pelas blusas bem largas. O toque final vem com a escolha dos óculos e da bolsa.

OBS: A cor e o corte do seu cabelo também influencia e muito na impressão dos looks. Pesquise, inove, abuse e não tenha medo de mudar o visual. Fica então uma pauta para os próximos posts. E sugestões das menininhas serão sempre bem vindas.

Essa é uma pergunta que muitos procuram respostas e se aventuram para encontrá-la. Muitas pessoas preferem clicadas no mouse e horas digitando teclas à  troca de olhares, coração ofegante e outros “efeitos” que a paquera tradicional proporciona a uma pessoa.

Com a vida tão agitada e cheia de contra-tempos, o relacionamento virtual torna-se cada vez mais normal. Na internet não se é obrigado a estar sempre presente, dar satisfações ou qualquer outro controle que um namoro normal exige.

A carência e a timidez são pontos cruciais para um pessoa procurar um site de relacionamento.  Ao primeiro encontro não existe contato pessoal e isso torna as coisas mais fáceis e acessíveis.

Para a professora na Universidade Federal do Paraná (UFPR) da disciplina “Relacionamento Amoroso: Teoria e Pesquisa” e doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP), Lídia Weber, a atração física parece não ter mais tanta importância para um contato inicial.

Contudo, não significa que uma relação que começou no mundo digital não se torne real. Há quem mantenham romances, os quais começaram no virtual e consolidaram-se na realidade de um encontro.

E antes de seu relacionamento virtual tornar-se real, procure conhecer muito bem o parceiro e ter certeza de que você irá conhecer a mesma pessoa, com as mesmas qualidades daquela com a qual você passou horas “teclando”.

O legal é procurar um parceiro(a) em sites confiáveis de relacionamento, como o Be2. Dei uma conferida e achei depoimentos positivos sobre o site. Você cria o seu perfil (sem mentiras, claro) e começa a busca pelo seu par perfeito.

Ah, o site também disponibiliza de artigos no blog do Be2 para pessoas que tem dúvidas ou curiosidades sobre relacionamento virtual ou mesmo real.

Então, se quer se aventurar, boa sorte em sua paquera!

Encontrei um site muito dos interessantes para precisa tirar dúvidas ou comprovar uma paternidade.

O site Exame de Paternidade DNA tem  uma calculadora super amiga de quem precisa de um exame rápido e confiável. É a “Calculadora de Paternidade sem teste ou exame de DNA”.

Você vai lá, preenche o relatório da calculadora (são perguntas super simples, eu juro), e o resultado sai na hora. Claro, como não há exame de sangue, ele não é 100% certificado, mas é difícil dar errado.

A calculadora pede dados como a cor dos olhos, tipo sanguíneo, cabelo, tanto da mãe, da criança como do suposto pai e aí, faz a análise que dá uma pista prévia da legitimidade paterna. E o melhor, o resultado sai na hora.

Então, fica a dica pra quem está precisando de um teste desses!

Beeeijos!

Não é muito comum encontrar mulheres viajando sozinhas. E dependendo do local, não é nem recomendável. Em alguns países da Europa, principalmente, as mulheres brasileiras que viajam sozinhas são vistas com más intenções devido ao alto índice de turismo sexual e à quantidade de brasileiras que vão para lá para prostituição. Mas, há dicas importantes e legais que podem ser seguidas para evitar situações desagradáveis e curtir dias no exterior sem preocupação.

Um dos pontos mais importantes é saber falar o ingles. Viajando sozinha, ele é extremamente necessário, se estiver em um grupo de mulheres, pelo menos uma precisa conhecer bem a língua e saber se expressar. Caso ninguém saiba falar a lingua, é melhor optar por uma boa excursão.

O local da hospedagem deve ser escolhido com muito cuidado. É bom saber o que o hotel oferece e o que há pelas redondezas. Sites que fazem reservas online, como o Hoteis.com, costumam ter informações importantes sobre esses detalhes que podem fazer muita diferença durante a viagem.

Eu sou muito fã de fazer turismo pelo Brasil, então, vou deixar algumas dicas de destinos turísticos que tem a cara das mulheres.

Campos do Jordão, em São Paulo: Pra quem gosta da combinação “frio e elegancia”, esse destino é ideal. Dizem que é bom para os casais apaixonados, eu não discordo, mas acredito que é ótimo para um grupo de mulheres, amigas ou família.

A cidade ainda guarda aquele jeitinho colonial, do tempo dos colonizadores. Uma delícia no meio de um caos chamado São Paulo.

A Bahia também é um ótimo destino pra quem gosta de viajar pra curtir a praia e o sol e fazer muita festa. Lugares como a Costa dos Coqueiros, Costa do Dendê, Costa do Cacau (que ja serviu de cenário pra muitas histórias de Jorge Amado) e a Costa das Baleias.

Quem prefere os climas mais frios, pode dar uma boa olhada pelo Rio Grande do Sul. Lá tem lugares lindos e coisinhas fofas que as mulheres adoram. Tipo o Muni Mundo, em Gramado. A replica de uma cidade, mas 24 vezes menor que o tamanho normal. Um encanto. Obras muito importantes do mundo todo podem ser encontradas lá, como castelos europeus, prefeituras, estações ferroviárias, igrejas, torre de televisão, conjuntos de casarios, aeroporto e metrô, além de unidades habitacionais, comerciais e de serviços. Elas estão sendo construídas há 23 anos.

Já quem prefere o exterior, minha dica é sempre a Argentina. Os termas e Spas de lá são divinos.

Acredita-se que as águas termais têm podereres medicinais, desde os tempos dos Incas.

Quem gosta do frio intenso, sky e bonecos de neve pode começar a viagem por El Calafate. A porta de entrada para os “Glaciares” e as belíssimas paisagens brancas proporcinadas pela neve.

Viajando sozinha ou com um grupo de amigas, o melhor e mais seguro é fechar pacotes. É bom ficar atento às melhores épocas do ano, tanto no preço, quanto para curtir ao máximo todinha a viagem. Sites como o SubmarinoViagens, Americanas Viagens e Shoptime Viagens têm sempre pacotes muito bons e sao seguros. Gramado

O verão de 2010 tem sua tendência para quem gosta de maquiagem: cores vibrantes e muito blush! Mas apesar disso, maquiadores profissionais dizem que no verão a moda é sempre parecer natural.

Mas como parecer natural, parecer maquiada e se garantir linda sem ter o make borrado por conta de tanto calor?

A primeira dica é escolher bases e corretivos translúcidos, ou seja, do tom mais parecido com o da sua pele. “Quanto mais fresh e translúcida a base, melhor”, explica Paulo Filatier, da agência Glloss (SP). A ideia é ter produtos para a foundation do seu make da mesma tonalidade da sua pele, assim eles podem ser usados ao longo do ano, só sendo necessária a troca no verão, caso você resolva ficar bronzeada. Ao respeitar seu tom de pele, você evita ficar com o rosto marcado por conta da base/corretivo carregados. Para corretivos, prefira os do tipo cremoso que escorrem menos.

Para manter sua pele livre do excesso de brilho – causado por conta da oleosidade adquirida ao longo do dia – a dica é usar pó matificante, pois além de tirar o brilho da pele, também ajuda a segurar a maquiagem.

O blush dá vitalidade ao rosto e deve ser usado em qualquer ocasião. Para o verão, procure usar os do tipo cremoso e em pó. O cremoso deve ser usado primeiro, é ele quem dará maior fixação ao blush em pó. Lembre-se de usar produtos do mesmo tom.

Quanto aos batons use, de preferência, os do tipo matte, pois são opacos e aderem melhor aos lábios (não borram nem ao comer e beber).

E para os olhos espalhe corretivo nas pálpebras antes das sombras em pó para segurar a maquiagem, ou então, use sombras cremosas. Já o rímel deve ser à prova d’água.

——

Dicas de onde comprar seus cosméticos de beleza:

O Boticário
Avon
Natura

exemplo de fantasias para halloween

Como todo bom brasileiro curte uma “festinha”, não é atoa que as comemorações de Carnaval se tornaram super famosas no Rio de Janeiro a nível mundial, apesar de a sua origem ser, na verdade, italiana. A comemoração que surgiu por volta de 1870 e geralmente acontece no mês de Fevereiro, se trata de um evento que iniciou na época da Idade Média, aonde as pessoas trajavam fantasias, máscaras e acessórios feitos à mão e bem decorados e agiam de forma que jamais fariam no seu dia-a-dia. Em resumo, soltavam a franga mesmo!

Com o sucesso do Carnaval, as festas à fantasia passaram a ser cada vez mais frequentes e não necessariamente ocorriam em Fevereiro. Com isso, o número de festas do estilo se proliferaram a nível mundial, surgindo diversos tipos de comemorações. Uma delas é o Halloween – dia das bruxas – aonde os convidados devem trajar fantasia de bruxa para comer doces. A prática se tornou muito comum nos Estados Unidos, movimentando muito dinheiro no mês em que é realizada: Outubro.

A partir dessas datas comemorativas, as pessoas buscaram outras motivações para realizar novas festas à fantasia. Hoje em dia qualquer motivo ou até mesmo uma festa de aniversário propoem temáticas para que os convidados compareçam vestindo algum tipo de fantasia ou encarnando algum personagem da música, teatro, cinema, desenhos animado e televisão. São encontros divertidos e tradicionais que já fazem parte da história de muitos países, como o Brasil.

Assim que já sabem meninas: se for aniversariante no mês de Janeiro ou qualquer outro mês do ano, essa pode ser a sua temática para uma festa irreverente. As fantasias e artigos para festa podem ser encontrados em lojas como a Folias e Fantasias. A temática também pode ser roupas de uma só cor (rosa, preto, branco, cor fluorescente)  ou ao maior estilo clubber, com roupas super coloridas e até mesmo brincando com os acessórios ou usando o par de tênis de cores e marcas diferentes. Solte a sua criatividade!! É o que vale.

Geralmente quando pensamos em comprar uma máquina fotográfica, logo associamos e pensamos nas câmeras digitais das pessoas que conhecemos: x megapixels, todos usam tal marca, a mais cara é a melhor, enfim. Isso apenas causa confusão na hora de ir para a loja escolher o modelo. Mas, e então, como se faz para escolher o melhor modelo e marca de câmera digital entre tanta variedade?

A primeira coisa que todos devem saber é que a quantidade de megapixels não influencia no resultado final da fotografia tirada, só se você for ampliá-la para imprimir. Aquela leve impressão de que a nitidez da imagem foi causada pelo megapixel é totalmente errada. Os fatores que influenciam na qualidade final da imagem refere-se a sensiblidade e a luminosidade. Afinal, o que é isso?

A sensibilidade e a luminosidade de uma câmera quer dizer a capacidade de iluminação em fotos internas, ou seja, dentro de casa ou ambientes onde a luz natural é fraca. A iluminação natural da câmera deve ser boa, permitindo que o flash não estrague a imagem, sendo assim, nem sempre é necessária a utilização do flash. É comum vermos fotografias tiradas com máquinas digitais saírem um pouco borradas ou escuras por causa da falta de recursos existentes nos equipamentos profissionais.

Quando for escolher a sua câmera digital, faça testes utilizando mais de uma marca e modelo de máquina, no mesmo foco. Isso te permitirá fazer combinações de nitidez das imagens e iluminação. Na prática, uma câmera de 12 megapixels pode ter o mesmo efeito de uma de 5 megapixels, se a utilidade dela for apenas por lazer, mas a câmera de 12 megapixels pode ter sensibilidade e iluminosidade superior, ou ao contrário.

Antes de comprar, veja quais são as suas reais necessidades, quais são todas as funções que cada máquina oferece (bateria ou pilha, grava video e áudio, mp3, memória) e esqueça os megapixels antes dessa análise. Segue abaixo alguns dos melhores modelos: Fujifilm, Canon Powershot, Sony Cybershot, Nikon Coolpix e Olympus.






Gostou de algum modelo? Pesquise mais informações sobre as funções que você quer que a sua câmera tenha no site

Fotografarvenderviajar e compare preços no Buscapé (câmera digital). Assim você faz a escolha certa e ainda economiza uma boa grana para investir em outros acessórios ou simplesmente guardar.

Categorias